O que fazer para superar o divórcio ?

O que fazer para superar o divórcio ?

Por Lisandra Zanuto 

Nesse momento você já pode ter se dado conta de que passar por um processo de divórcio é muito mais complicado do que se podia imaginar. E é bem provável que você esteja se perguntando: por quanto tempo  ainda vou me sentir assim? Quando eu vou começar a me sentir melhor? Por que ele fez isso comigo? Por que EU não fiz isso? E se eu tivesse feito de outro jeito? Essas são perguntas frequentes depois do divórcio, mas que acabam não fazendo sentido. Pois se fosse para ter sido diferente, teria sido e pronto.

Neste artigo, vou te apresentar 5 passos para que você consiga superar essa tristeza e essa dor que está te consumindo.

Leia Também:

Como se divorciar sem afetar a vida dos filhos?

Como parar de ficar obcecada pelo ex ?

Você sabia que a dor de uma separação é o sentimento mais subestimado do mundo? Quem nunca passou por isso, realmente não sabe o que é sentir essa dor.

O que acontece é que você se separou e agora precisa voltar a ser feliz sozinha. Mas o que fazer para superar o divórcio? Abaixo segue passos importantes para você começar a superar o fim do seu relacionamento. 

PASSO #1 Aceite a realidade do seu divórcio

 

Eu sei que você pode estar pensando: “Mas eu não quis esse divórcio! Eu odeio o fato de estar divorciada! Isso não era o que eu queria para minha vida”.

E esses pensamentos provavelmente são verdadeiros. Mas o primeiro passo para começar a superar o divórcio, é aceitá-lo.

Você tem que ter isso claro dentro da sua cabeça: “Eu estou me divorciando” ou “Eu estou divorciada”. Essa é a sua realidade agora e brigar com a realidade é como querer ensinar um gato a latir, você só vai trazer mais frustração e sofrimento para você mesma.

Muitas mulheres tentam negar essa realidade se mantendo conectadas aos seus ex’s de maneiras que não são saudáveis. Frequentemente alguns ex’s tentam se manter próximos como amigos, criando uma confusão na vida da mulher, que não sabe como lidar com a situação.

Se divorciar significa que os dois devem aceitar as consequências natural do divórcio, e um sair da vida do outro é uma delas. Se você tem filhos, então o desafio será maior. Mas você tem que tirar ele da sua vida emocionalmente.

Tente diminuir as interações, tipo encontros e telefonemas, prefira e-mails e mensagens. Não deixe ele tomar espaço na sua mente e nem consumir a sua energia, porque nesse momento você terá que estar concentrada em você mesma e na sua nova vida. Saiba mais sobre a regra do contato zero, assista vídeo aqui. 

O que você irá fazer a partir de agora só você pode decidir e determinar: ou você terá uma vida solitária, triste, miserável e será para sempre vítima desta história, ou você terá uma vida de realizações, novas possibilidades, novas amizades, novas conquistas e novos caminhos. Tudo isso só vai depender das escolhas que você fizer hoje.

PASSO#2 Tome a decisão de assumir o controle da sua vida

 

Você pode assumir o controle decidindo que você vai ficar se lamentando pelo resto da sua vida e pelo fim desse casamento. Mas o verdadeiro passo para você se recuperar desse divórcio acontece quando você entende que o resto da sua vida depende só de você. Ele (o ex) não controla você agora. Ele (o ex) não está no controle da sua felicidade. Você é que está. Você tem que saber que seja lá o que aconteça na sua vida daqui para frente, é responsabilidade sua. Serão as suas escolhas.

Por exemplo, depois do divórcio você pode decidir por se sentir amargurada e rancorosa todos os dias, ou decidir encontrar razões para celebrar a vida. Você pode decidir por ficar na cama de pijamas se lamentando e se sentindo miserável emocionalmente ou decidir reagir, se levantar, tomar um bom banho, sair e respirar ar puro. É uma escolha sua. Seu futuro dependerá das escolhas que você fizer agora.

PASSO# 3 Dê pequenos passos todos os dias para criar a sua nova vida

 

Você não pode consertar a sua vida hoje. Também não pode ir dormir e acordar daqui há um ano esperando que tudo esteja resolvido. Então, dê pequenos passos. É um processo. Concentre-se em fazer pequenas ações diárias que vão dar início a sua nova rotina, a sua nova vida.

Comece suas manhãs agradecendo as coisas simples e banais do seu dia a dia. O fato de você estar viva, de ter um lugar para morar, de poder acordar tomar um café da manhã, de acordar em uma cama com lençóis limpos. Enfim, liste pelo menos 3 coisas que você possa se sentir grata ao acordar. O simples fato de você sorrir em frente ao espelho por 16 segundos já começa a disparar uma carga de endorfinas no seu cérebro. E isso já começa a gerar uma sensação de bem-estar internamente.

Durante o dia, tome pequenas, mas importantes atitudes que te levem aonde você quer chegar. E sempre, antes de fazer alguma coisa, pergunte-se: “isso vai me fazer ir adiante no meu processo de superação ou vai me deixar agarrada a dor desse divórcio?”

Não esqueça que tomar atitudes que te levem adiante, são como essa que te trouxe até aqui para ler este site. Esse é um passo super positivo a favor da sua recuperação, pode ter certeza disso.

PASSO# 4 Veja diferentes perspectivas

 

Agora é o momento de você lembrar tudo aquilo que te faz feliz e que você nem lembrava mais. Agradeça por tudo que você tem e conquistou até hoje. As pessoas tristes tendem a esquecer tudo aquilo que já alcançaram na vida e substituir por tudo que perderam.

Tente e volte a tentar sempre que perceber que não está conseguindo. Seu coração pode não querer ouvir no início, mas aos poucos ele vai se acostumando a entender que tudo valeu à pena e que você precisa ser grata e feliz com o que tem.

PASSO# 5 Peça ajuda

 

Superar o divórcio não é nada fácil, mas também não é uma coisa impossível e você vai conseguir. Para isso não adianta ficar esperando que o tempo sozinho cure essa dor, você precisa agir.

Você sabia que não precisa fazer isso sozinha? Por isso, procure e peça ajuda. Faça uma terapia, converse com pessoas que estão na mesma situação que você.



Tudo isso que você está passando hoje pode ser a experiência mais desafiadora e frustrante que você já teve na sua vida. Mas a verdade é a seguinte: quando você aprender as lições envolvidas na superação de um divórcio, essa experiência pode se transformar na lição mais poderosa que você já teve na sua vida.

Aceite a realidade do que você está vivendo, escolha tomar o controle da sua vida e tome atitudes que te levem adiante no seu processo de superação.

E lembre-se, superar o divórcio só depende de você. É o seu futuro, a sua vida e só você pode determinar como será. E isso é maravilhoso, porque você tem a chance de criar a partir de agora a vida do jeitinho que você quer que ela seja.

Comece hoje, não perca mais tempo. Esqueça as mágoas do passado e seja feliz de uma vez por todas. Se você quiser conhecer os 5 Passos que estão ajudando centenas de mulheres a reconstruírem suas vidas após a separação, clique aqui: “5 Passos para Você Reconstruir a Sua Vida Após a Separação” e baixe gratuitamente um e-book que traz segredos comprovadíssimos.

Para saber como sobreviver a um divórcio, preparei um artigo bem legal, que você pode ler clicando aqui 10 Dicas para sobreviver a um Divórcio

Tenho um convite a te fazer!

 

De 31 de julho até 07 de agosto estarei realizando o  7° Workshop do Programa Separei e Agora?  “Como Reconstruir a Sua Vida Após a Separação”, será uma semana que estarei mais próxima de vocês através de uma série de 4 vídeos 100% Online, atividades avaliativas e discussões. O Programa já ajudou milhares de mulheres a retomarem as rédias de suas vidas após a separação. Tenho certeza que irá mudar sua maneira de enxergar o fim do seu casamento.  Reserve sua vaga aqui. 

 

 

 

 

Eu acredito que a dor da separação é o ponto de partida para a maior transformação da sua vida. Basta que você decida.

Preencha os dados abaixo e receba em seu e-mail conteúdo exclusivo.

Inscrição feita com Sucesso! Eu acredito que a dor da separação é o ponto de partida para a maior transformação da sua vida. Basta que você decida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *