7 Dicas para superar uma rejeição amorosa

7 Dicas para superar uma rejeição amorosa

Por Lisandra Zanuto

A dor que sentimos depois que nos separamos pode ser comparada com a dor de perder alguém que amamos para a morte. Pesquisa feita por uma doutora americana chamada Elisabeth Kubler Ross, há mais de 30 anos, concluiu que a as fases que seguem o luto pela morte de alguém querido são as mesmas de que vivenciamos quando nos separamos. Superar uma traição e saber lidar com o sentimento de rejeição não é tarefa simples para superar sozinha.

Leia Também: 

Como aceitar o fim de um relacionamento?

Como dar a volta por cima depois de uma separação?

 

A dor de um divórcio pode ser comparada a dor de um luto, porque na verdade, um relacionamento também tem uma vida e quando ele termina precisamos lidar com o mesmo tipo de situação, a Perda. Muitas pessoas conseguem encarar o luto da morte com mais naturalidade, pois além de acontecer com todo mundo, sabemos que aquele ser se foi e as lembranças boas ficaram na memória e no coração. 

Já o luto do término de um relacionamento pode ser considerado ainda mais dolorido, pois aquela pessoa sempre estará ali, se relacionando com outras pessoas, quebrando promessas e sonhos que havia feito junto com você. Tenho certeza que superar essa dor é uma das coisas que você mais quer nesse momento, não é mesmo?

Mas superá-la sozinha pode não ser a melhor saída para a sua cura emocional, por isso procure ajuda para essa superação, pois, é uma das melhores maneira de encarar 100% a rejeição de uma pessoa que você ama. Com certeza não é uma tarefa fácil, mas saiba que ela também não é impossível.

Lembre-se que o tempo não cura tudo! Procure superar esse obstáculo o quanto antes, não permita que ele se torne um lixo emocional. Não queira levar esses sentimentos inacabados para sua próxima relação. Aprenda sobre esse conhecimento, assistindo esse vídeo.

Neste artigo você vai descobrir como superar essa dor e, ainda, como lidar com essa rejeição que te faz se sentir uma pessoa ainda pior.

Uma pesquisa feita pela Rutgers University de Nova Jersey, nos Estados Unidos, descobriu que a dor da rejeição de uma mulher pode ser semelhante a ter de se livrar de um vício. O estudo é um dos primeiros a examinar o cérebro de pessoas que tiveram o coração partido recentemente e que têm dificuldade para superar o fim do relacionamento.

Durante a coleta de informações, os pesquisadores estudaram o cérebro de 15 voluntários (10 mulheres e 5 homens) com idade universitária e que terminaram um relacionamento, mas que ainda amavam a pessoa que os tinha rejeitado. A duração média das relações dos voluntários era de dois anos, se passando dois meses do fim do relacionamento. Todos os participantes tiveram altas pontuações em um questionário em que os psicólogos utilizaram para medir a intensidade dos sentimentos românticos. Os participantes também disseram que costumam gastar mais de 85% de suas horas acordados pensando na pessoa que o rejeitou.

Após a triagem, os pesquisadores descobriram que, quando as pessoas rejeitadas olhavam para uma fotografia dos ex parceiros, homens e mulheres que estavam sofrendo com a rejeição ativavam as regiões cerebrais associadas com a recompensa, ânsia do vício, controle das emoções e sentimentos de apego, dor física e angústia. Esses resultados forneceram respostas ligadas aos motivos pelos quais pode ser muito difícil para alguns superar um fim de relacionamento e porque, em alguns casos, as pessoas são levadas a cometer verdadeiras loucuras, como perseguições, homicídios e suicídio, de pois de perder um grande amor.

De acordo com Helen E. Fischer, antropóloga e responsável pela pesquisa, o amor romântico é um vício. “É um vício muito poderoso e maravilhoso quando as coisas estão indo bem no relacionamento e um vício horrível quando as coisas vão mal”. Tem uma palestra super interessante da Helen E. Fischer no TED Talks, sobre porque amamos e traímos, que vale a pena ser conferido, confira aqui. 

Mas como superar a dor dessa separação e desta rejeição? Para te ajudar, separei 7 dicas que vão servir como um empurrãozinho para otimizar o seu processo de superação.

1 – Viva todas as fases

Como já falamos anteriormente, a dor de uma separação é igual, e às vezes até maior, que a dor da morte. Portanto, podemos dizer que o luto que é vivido quando nos separamos é o mesmo que vivemos quando alguém morre.

Mas não adianta fugir ou fingir que nada aconteceu, você precisa passar por todas as fases e viver este momento da melhor forma possível. Com toda a sua intensidade. Vá ao fundo do poço se preciso for, mas coloque pra fora do que está sentindo. As fases são: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação.

Viva todas essas fases e não tenha vergonha de passar por elas. Muitas vezes elas não se apresentam nessa ordem, e, ainda, podem aparecer todas em um só dia. Passar por todas elas e superá-las é importante para você superar a separação.  

2 – Pense no futuro e não no passado

É preciso deixar de pensar em tudo que vocês viveram, remoer as causas da separação e, principalmente, não ficar colocando defeitos e pegando a culpa para si mesmo. Ficar pensando em se vingar,  ou cultivando uma esperança de reconciliação, só vai te deixar mais presa nele e te impedirá de dar a volta por cima e um passo para frente. Isso só irá fazer seus pensamentos mais obsessivos.

Existem reconciliações tá? Mas somente quando os dois querem, não quando isso é desejo de apenas uma parte, ok? Lembre-se que o que passou já passou e não podemos mudar o que aconteceu, é preciso pensar no que está por vir e naquilo que te fazer feliz a partir de agora.

3 – Cuide de sua autoestima

É muito importante você se valorizar sempre, mas principalmente nesse momento. Todas as qualidades que você tinha quando estava namorando, você continua tendo. Não é porque você está solteira, que você deixou de ser inteligente, engraçada, criativa e linda, separar-se não vai deixar você ser você.

Você precisa se amar ainda mais. Aproveite este momento para resgatar gostos e preferências que acabaram ficando para trás durante o relacionamento. Muitas vezes deixamos de ouvir aquela música que amamos só porque nosso companheiro não gostava. Este é o momento de você voltar a ouvi-la e curtir cada melodia.

Faça tudo que você tenha vontade, tudo aquilo que sempre quis fazer e se sentia reprimida pelo o seu ex companheiro. A vida está aí para ser vivida e aproveitada. Pense na oportunidade que a vida te deu de ser mais feliz. 

Aproveite também para se conhecer. Sim, autoconhecimento é uma peça fundamental nessa nova jornada. Sua nova caminhada exigirá de você mais equilíbrio, cuidados com o corpo, cuidados também com sua saúde física e mental. É importante que você trace novas metas, avalie seus sonhos, ou quem sabe fazer uma viagem sozinha? Ter a oportunidade de se experimentar em outras culturas, conhecer pessoas novas e se testar em situações inusitadas.

4 – Regra do contato zero

Também gosto de chamar de “zero contact” a regra quer diz o seguinte: depois que você acabou um relacionamento, você precisa eliminar qualquer tipo de contato com o seu ex marido. Quando eu falo qualquer, quero dizer todos os contatos possíveis. Exterminar rastros do ex da sua vida o que significa excluir do Facebook, bloquear do Whatsapp, deixar de seguir no Instagram, excluir da sua agenda telefônica, qualquer coisa que te faça lembrar. Se você ficar cuidando da vida dele, quem cuidará da sua? Preste atenção nisso.

Claro que se vocês têm filhos, a coisa é um pouco diferente. Ela muda de figura, mas aplicar a regra do contato zero será tão eficiente quanto. Fale com ele somente o necessário, nada mais que isso. Para saber mais sobre esse assunto, clique aqui e leia o artigo.

5- Crie novas memórias

Para você não ficar somente pensando nas coisas que vocês viveram, crie momentos novos para você lembrar. Conheça lugares e pessoas que não te façam lembrar do passado. Quando eu digo pessoas novas, não necessariamente seja um novo cara e sim novas amizades. Pessoas diferentes vão gerar assuntos diferentes. Pessoas que estejam completamente fora do círculo de amizade que vocês  conviviam como casal. 

Falar sobre coisas novas e procurar aquela amiga que você deixou de falar por besteira, pode te fazer bem. Mudar de ambiente pode abrir oportunidade para que a vida coloque no seu caminho algo inesperado e que pode te deixar muito feliz. Faça cursos onlines ou presenciais, aprenda uma língua nova,  seja voluntária em alguma instituição (tantos lugares que precisam de uma mãozinha), tenho certeza que deve ter alguma próxima de você. Pratique esportes. Medite. Esteja em harmonia com a sua respiração.

6 – Perdoe

O ato de perdoar não quer dizer que você está aceitando o que foi feito para você, simplesmente você não quer mais viver amarrada neste assunto.

Grande parte das mulheres passam anos esperando que o seu ex venha pedir perdão e mostre arrependimento pelo o que fez. O tempo passa, ele já refez a vida dele, e a mulher ainda continua esperando que ele volte para buscar o perdão, sem perceber que isso nunca vai acontecer. Pare de achar que ele tem que correr atrás de você para implorar o seu perdão. O perdão começa de você e pra você.

O perdão não é um sentimento, é uma escolha, e ele deve ser feito entre você com você mesma. No momento que você conseguir perdoar, você vai conseguir se livrar desse sofrimento e seguir a vida em paz sem aquelas amarras tão pesadas e dolorosas que te impedem de crescer como pessoa e entregar-se por inteiro para um novo relacionamento.

Perdoar não precisa ser feito de um dia para o outro. Exercite o perdão, pratique se livrar desse mal, porque ele é para você e não para os outros. Para saber mais sobre o perdão, clique aqui e leia artigo.

7 – Peça ajuda

Já entendemos que superar a dor de uma separação sozinha é algo muito difícil e desnecessário, eu quero te dizer que posso te ajudar a passar por essa fase de uma forma mais tranquila e amena. Procure ajuda, converse com amigos e com pessoas que estão vivendo o mesmo momento que você. Participe de grupos, esteja com pessoas que estão na mesma jornada que você: buscando superar a dor de uma separação de uma maneira otimista, sempre olhando o lado bom do que aconteceu. 

Cuidado com as pessoas negativas! Se afaste delas e busque o que pra você é o mais importante. Tenho certeza que alguém que está lutando para se libertar da sombra de um relacionamento vai optar por um ambiente mais otimista e positivo. Superar uma situação negativa ao lado de pessoas que te apoiem é fundamental nesse processo. Afinal de contas, somos reflexo das pessoas com quem mais convivemos. Não é verdade?

Recomendo também que você procure um profissional, uma terapia, alguém que possa te ajudar a abrir seus olhos e enxergar melhor o que fazer para superar de uma vez por todas essa dor. A ajuda de alguém especializada no assunto vai te trazer uma análise muito mais precisa do que você precisa no momento.

Programa S.O.S. Divórcio

Sabia que eu posso te ajudar? Te apresento o “Programa S.O.S DIVÓRCIO”. Trata-se de um plano emergencial, um manual de superação pós-separação 100% online, que você pode fazer da sua casa e vai te ajudar a encontrar a cura emocional e autoconhecimento que vai te ajudar a sair dessa fase mais segura, curada emocionalmente e pronta para encontrar um novo amor. Clique aqui para se inscrever no programa.

Depois de ter aprendido estas sete dicas importantíssimas para superar essa rejeição amorosa que tanto te faz sofrer, vou aproveitar e disponibilizar o link do meu e-book “5 Passos para RECONSTRUIR a sua vida após a separação”. Tenho certeza que a leitura desse e-book irá te reconfortar e será também uma maneira de você organizar suas ideias a respeito do que te aconteceu. Um passo importante para você elaborar sua separação e tomar as próximas decisões por você e pra você. Baixe o E-Book gratuito aqui.

Espero que tenham gostado do artigo de hoje.

Com amor,

Lisandra Zanuto

 

Eu acredito que a dor da separação é o ponto de partida para a maior transformação da sua vida. Basta que você decida.

Preencha os dados abaixo e receba em seu e-mail conteúdo exclusivo.

Inscrição feita com Sucesso! Eu acredito que a dor da separação é o ponto de partida para a maior transformação da sua vida. Basta que você decida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *