Quando começar um novo relacionamento depois da separação?

Quando é hora de começar um novo relacionamento depois da separação?

Quando é hora de começar um novo relacionamento depois da separação?

Há quem diga que o segredo para curar um coração partido após a separação é um novo relacionamento. Mas será que é realmente a hora de encontrar um novo amor? Afinal, o fim de um casamento deixa muitas feridas emocionais abertas.

O problema é que, se você não refletir sobre isso de forma apropriada, as chances de levar essas feridas para uma nova relação são muito altas. E o rompimento acaba se tornando inevitável.

Infelizmente, é isso o que acontece com muitas pessoas. Mas a boa notícia é que não precisa ser o seu caso! Neste artigo, eu vou te explicar quando é a hora certa de viver um novo amor e de evitar o tão conhecido relacionamento rebote.

Leia também:
>> O que te impede de recomeçar?
>> 8 dicas de como lidar com a solidão após a separação
 

3 perguntas para se fazer antes de iniciar um novo relacionamento

Lidar com a separação não é nada fácil. Afinal, depois de um término, que nem sempre é amigável, aparecem muitos medos: o de ficar sozinha, o de não ser mais amada e o de não ser boa o suficiente.

E é aí que começa a surgir a seguinte pergunta: será que é hora de começar um novo relacionamento e seguir em frente?

Bem, antes de sair por aí procurando um novo amor em aplicativos de relacionamento, quero que você saiba de uma coisa: agora pode não ser o melhor momento para fazer isso. 

E eu vou te explicar os motivos neste artigo.

É claro que mergulhar de cabeça em um nova relação amorosa logo após a separação pode diminuir o seu sofrimento, trazer mais autoconfiança e fazer com que você deixe o passado para trás rapidamente. 

Aliás, isso é o que mostra um estudo sobre relacionamento rebote publicado no Journal of Social and Personal Relationships

Para te explicar melhor, relacionamento rebote é o termo usado quando as pessoas saem de uma relação e logo iniciam outra. Há quem viva dessa forma a vida inteira.

Porém, essa sensação de alegria e felicidade nem sempre é permanente. Sabe aquela ferida emocional que você não curou? Bem, ela vai continuar te acompanhando como um fantasma em todos os relacionamentos que você iniciar.

E o resultado é frustração, sensação de infelicidade e uma ligação incômoda com o passado. Além de, é claro, aumentar as chances de você se contentar com novos laços amorosos tóxicos ou abusivos.

Por isso, antes de embarcar em uma nova história de amor, quero que você faça as 3 perguntas a seguir para si mesma, ok?
 

1. Por que eu quero entrar em novo relacionamento?

Independentemente de ter se separado há 1 mês ou há 1 ano, quero que você reflita: por que começar uma nova relação amorosa agora?

Essa pergunta pode parecer sem sentido, mas não é. O medo da solidão é, em muitos casos, o maior gatilho para as pessoas procurarem um novo amor.

Porém, isso pode ser um grande problema. Por buscar completude na outra pessoa, acabamos projetando sonhos, desejos e expectativas no relacionamento.

E isso nem sempre se concretiza.

Aliás, o desejo de não se sentir sozinha, por exemplo, é uma das projeções que mais geram frustração e infelicidade em relacionamentos.

Afinal de contas, precisamos entender que somos completas sozinhas e que a outra pessoa não vai ser a metade da nossa laranja.

Então, antes de entrar em um novo relacionamento, aprenda a amar a sua própria companhia e a se enxergar como um ser inteiro, que não precisa ser completado.
 

2. Eu realmente curei as feridas emocionais?

Como eu já falei aqui no artigo, uma separação deixa muitas feridas emocionais. E elas podem se manifestar a partir da culpa, do ressentimento e da raiva.

Todas essas sensações são normais. Afinal, o rompimento faz a gente enfrentar as 5 etapas do luto. Inclusive, eu falo delas no meu livro digital Supere a Sua Separação e Volte a Ser Feliz no Amor.

Mas o que importa aqui é que, em algumas dessas etapas, podemos agir das seguintes formas:

  • Negar o sofrimento e varrê-lo para debaixo do tapete. 
  • Canalizar as feridas emocionais em atitudes nocivas, buscando prazeres momentâneos.
  • Achar que estamos bem o suficiente para iniciar um novo relacionamento.

Preste atenção: nenhuma dessas atitudes cura apropriadamente o que estamos sentindo. E o resultado é que carregamos com a gente essa bagagem tóxica de experiências passadas.

Assim, é muito comum entrar em novas relações para esquecer o ex e provar que você seguiu em frente. Mas o preço disso acaba sendo muito alto.

Afinal de contas, a outra pessoa vai acabar percebendo, em algum momento, que o seu coração ainda está preso à história do passado. Assim, vai tomar a decisão de ir embora.

Então, antes de procurar um novo amor, pergunte-se: eu tirei um tempo para lidar com os sentimentos que sinto em relação à separação e ao fim do meu casamento?
 

3. Eu me sinto bem e feliz sozinha?

Outra pergunta importante que você deve se fazer antes de começar um novo relacionamento tem a ver com os motivos de procurar um novo amor.

Você é feliz sozinha? Responda com sinceridade.

Eu te pergunto isso porque se sentir bem com você mesma é um ótimo sinal para saber se é hora ou não de começar uma nova relação.

Quando você sabe o seu valor e entende que a pessoa mais importante da sua vida é você, os motivos para entrar em um novo relacionamento passam a ser genuínos.

Em outras palavras, você não escolhe a companhia de outra pessoa pelo medo de ficar sozinha ou pela carência, e sim porque gosta de estar ao lado do outro e a relação te transborda. 

Mas se você ainda não se sente assim ou notou que ainda não é hora de iniciar uma nova relação, não se preocupe. É possível, sim, curar as feridas emocionais para ser feliz novamente no amor.

No Programa “Separei, e agora?”, eu ajudo mulheres a se libertarem do lixo emocional do passado, conquistando relacionamentos saudáveis, felizes e duradouros. Interessada? Clique aqui e saiba mais!

Os comentários estão desativados.

Para Qual e-mail Devo enviar o link para a série de 03 vídeos gratuitos?

Seus dados estão 100% seguros