Amor romântico X real: por que você precisa pensar sobre isso -

Amor romântico X real: por que você precisa pensar sobre isso

Amor romântico X real: por que você precisa pensar sobre isso

Se você entra em um relacionamento à procura da felicidade eterna, saiba que o ideal do amor romântico pode estar atrapalhando a sua vida. Afinal de contas, o dia a dia a dois não é nada parecido com um roteiro de filme de romance, no qual todos os momentos são alegres.

Aliás, ouso dizer que o amor da vida real é cheio de dores e muita resiliência para lembrar, diariamente, que a relação é feita de duas pessoas com bagagem emocional e que buscam compartilhar momentos e evoluir juntos.

E entender essas diferenças é fundamental para que você pare de se autossabotar em busca de um relacionamento que não existe na realidade. 

Quer ajuda para fazer isso? Neste artigo, eu vou te mostrar como se libertar do ideal do  amor romântico e ser feliz de verdade em relacionamentos amorosos.

Leia também:
>> Como se libertar do lixo emocional de outros relacionamentos?
>> Quando um grande amor se vai, o que fica?

O amor romântico é uma armadilha de frustração

A primeira coisa que você precisa saber sobre o amor romântico é que ele te faz ficar frustrada e arruína relacionamentos que poderiam ser muito felizes. E isso acontece porque crescemos acreditando nas seguintes ideias:

  1. Há uma metade da laranja para cada pessoa na vida.
  2. Quando você encontra a pessoa ideal, significa que a felicidade será eterna.
  3. Um relacionamento feliz só é feito de momentos bons.
  4. A chama da paixão vai existir todos os dias na sua vida.

Bem, sinto muito te dizer isso, mas todas essas ideias não são nada parecidas com a realidade. Afinal, a vida não é um filme de romance.

Muito pelo contrário, o amor da vida real é uma construção diária. E é importante entender isso para evitar que você fique frustrada e acredite que é preciso procurar a felicidade em outro lugar.

Aliás, um dos maiores problemas do amor romântico é que acabamos procurando no outro uma perfeição que não existe. E essa idealização faz com que surjam conflitos desnecessários e que desestabilizam a relação.

Segundo o filósofo Alain de Botton, no livro Ensaios de amor, a gente se apaixona esperando não encontrar no outro os nossos defeitos. Com isso, vamos nos iludindo e fechando os olhos para a fraqueza, a culpa, a preguiça e tantos outros pequenos detalhes que podem existir na outra pessoa.

O resultado? Frustração. Afinal, uma hora ou outra vamos nos dar conta de que essa perfeição não existe.

Mas, se o amor romântico é tão problemático, como se libertar dessa idealização e construir relacionamentos felizes, saudáveis e reais?

3 dicas para você se libertar do ideal do amor romântico  

Ao longo dos últimos anos, trabalhando para ajudar mulheres a transformarem a dor da separação em um ponto de partida para a reconstrução da vida, eu já ouvi muito sobre o amor romântico.

E os contextos, muitas vezes, são bem parecidos. Se acabou é porque não existia amor”, “eu não me sentia mais apaixonada há muitos anos” ou “ele não é mais a pessoa que era no início da nossa relação”.

Todas essas frases estão relacionadas à idealização do amor e à crença da perfeição do outro, percebe?

No entanto, para ser realmente feliz em um relacionamento, é preciso se libertar dessas ideias. E eu vou te mostrar 3 passos para você começar a fazer isso. 

1. Entenda que você é uma pessoa completa

O primeiro passo para você deixar o amor romântico de lado e valorizar as relações reais é entender que você não precisa da “metade da sua laranja”.

Por quê? Bem a resposta é muito simples. Você já é um ser completo. E entender isso é a primeira forma de começar a construir uma vida feliz e saudável.

O grande problema é que a gente cresce acreditando que os relacionamentos vão nos trazer completude. Afinal, filmes e livros nos fazem idealizar isso, buscando uma felicidade eterna.

Mas a vida não é assim.

E só é possível entrar em relacionamentos saudáveis a partir do momento em que você compreende que o primeiro amor da sua vida é você mesma.

Amar a si mesma, aproveitar a própria companhia e entender que você não precisa de ninguém para se sentir completa são coisas que a gente nem sempre aprende na vida. E saber disso é libertador.

2. Pare de idealizar o outro

A idealização do outro é um dos principais problemas do amor romântico. Afinal, faz a gente acreditar que o relacionamento vai ser perfeito, sem defeitos ou problemas.

E, se você está aqui, aposto que sabe que isso não é verdade.

Então, para construir relacionamentos saudáveis, lembre-se que o amor real é feito de pessoas que têm sentimentos, qualidades, sonhos e defeitos. 

Além de tudo isso, compreenda que o amor da vida real nos faz entrar em contato com os nossos piores conflitos o tempo inteiro.

Assim, quando paramos de idealizar o outro, conseguimos entender que uma relação é feita a partir de 3 pilares:

  • O eu: com todos os defeitos, sonhos, qualidades e bagagem emocional.
  • O outro: que também tem defeitos, sonhos, gostos e opiniões.
  • O nós: que é uma construção diária a partir da vontade de caminhar lado a lado, mas sem esquecer da essência individual.

Saber disso vai te ajudar a evitar desgastes desnecessários em seu relacionamento e a permanecer nele porque você gosta de compartilhar a vida com a outra pessoa.

3. Entenda que o relacionamento vai evoluindo com o tempo

Outro problema do amor romântico é achar que os sentimentos precisam ser os mesmos do início do relacionamento. E, para sermos felizes, precisamos entender que as relações vão evoluindo com o tempo.

Aliás, muitas vezes começamos um namoro ou casamento com a paixão à flor da pele. E a idealização faz com que a gente acredite que isso vai durar para sempre. 

Mas entenda que a tendência é o relacionamento evoluir ao longo do tempo. Assim, a paixão avassaladora inicial vai dando lugar a outros sentimentos e ações de amor. 

E não há nada de errado nisso. Afinal, as pessoas vão evoluindo juntas e construindo laços compartilhados a partir de qualidades, defeitos, felicidade e diálogo.

Quer saber mais sobre como se libertar do ideal do amor romântico? Na mentoria Caminhos do Coração, você vai aprender tudo sobre Inteligência Emocional para construir relacionamentos íntimos, saudáveis e reais. Clique aqui para saber mais.

Os comentários estão desativados.

Para Qual e-mail Devo enviar o link para a série de 03 vídeos gratuitos?

Seus dados estão 100% seguros