DESCUBRA quais são os 3 ERROS mais comuns após uma SEPARAÇÃO! - Lisandra Zanuto

DESCUBRA quais são os 3 ERROS mais comuns após uma SEPARAÇÃO!

DESCUBRA quais são os 3 ERROS mais comuns após uma SEPARAÇÃO!

Por Lisandra Zanuto

Depois que nos separamos sempre nos sentimos culpadas, achando que fizemos tudo errado. Mas não é bem assim.

O objetivo deste artigo é te mostrar que você pode transformar essa separação em um aprendizado, tornando-se uma mulher mais forte, mais preparada para a vida e pronta para amar de novo.

Lendo isso você deve estar se perguntando: “Poxa, mas é tão difícil esquecer, aceitar e recomeçar a minha depois de tudo isso que passei e estou passando”.

Eu te entendo perfeitamente porque já passei por tudo isso também e quero te explicar o porquê que está sendo tão difícil para você.

A antropóloga Helen Ficher, que estuda o comportamento humano em relações amorosas, em uma recente pesquisa descreveu exatamente o que acontece com o nosso cérebro quando a gente se separa.

De acordo com sua pesquisa, a mesma área do cérebro que é ativada quando a gente se apaixona, se torna ainda mais ativada quando somos rejeitadas por alguém que a gente ama. Portanto, o nosso cérebro em um momento como esse, ao invés de nos permitir colocar a nossa tensão em começar uma nova vida, acaba aumentando o nosso desejo em querer a pessoa que estamos prestes a perder.

Além da sensação de fracasso e vergonha que sentimos é normal termos atitude impulsivas e fora do nosso controle. Um bom exemplo disso é continuar querendo uma pessoa que não te faz mais bem.

Agora você consegue entender porque é tão difícil esquecer? Porque a gente às vezes tem algumas reações que nem se reconhece nelas?

Tem uma frase de um escritor americano que diz o seguinte: “a separação é tudo que precisamos para conhecer o inferno”. O divórcio tende a provocar um tsunami de emoções e é aí que a gente começa a ter atitudes que só dificultam ainda mais a separação e trazem mais dor e sofrimento para este momento.

De todos os erros que podemos vir a cometer quando a gente se separa, existem três bastantes comuns. Alguns deles você pode estar cometendo todos os dias e acaba deixando a sua rotina ainda mais pesada, tiram a sua motivação de ir à diante e te deixam cada vez mais distante da vida que você quer e merece ter.

Então presta atenção nos 3 erros mais comuns após a separação, pois você pode estar cometendo algum deles:

1º erro – Continuar perguntando onde foi que errou

Se você foi traída, deixada ou se seu casamento acabou por qualquer outro motivo e você ainda está ruminando o porquê que isso aconteceu, onde foi que você errou ou o que você deveria ter feito de diferente ou ter deixado de fazer… Para tudo agora!

Este é o tipo de pensamento que não vai te ajudar a sair dessa situação. Quando a gente não consegue se desvincular deste tipo de pensamento ficamos presa ao passado e a todas as emoções que envolvem esse pensamento como culpa, mágoa, ressentimento, raiva, angustia, tristeza e uma sensação de impotência que te paralisa diante dos fatos.

Lembre-se que ficar agarrado ao que passou só vai fazer com que dificulte ainda mais o seu processo de reconstrução.

Eu gosto sempre de usar a metáfora da porta do banco.

Sabe aquelas portas de banco que a da frente só abre para você passar quando a de trás se fecha? É assim que acontece com a gente. Para que novas possibilidades se abram em sua vida, novas portas, novos caminhos, novas experiências, novos amores…

Enfim, para que a vida se renove, a gente precisa fechar essa porta que está atrás de nós. Se livrar das amarras que te ligam ao passado, se libertar emocionalmente desta história para que novas histórias possam ser vividas.

Pare de achar que podia teria sido diferente, se fosse para ser diferente, teria sido. Simples assim. Não foi do jeito que você esperava, eu sei… mas, você está aqui agora.

E eu sei que se você está lendo este artigo que traz os 3 erros mais comuns após a separação, é porque você está buscando ser feliz, é porque está buscando ser uma mulher realizada e bem resolvida, está encarando de frente a sua nova realidade e arregaçando as mangas para lutar pela sua vida.

Então chega de procurar o culpado e o motivo que levou essa separação. Agora você precisa pensar no que você vai fazer daqui para frente.

2º erro – Se envolver em outro relacionamento

Ao contrário do que todo mundo pensa, um amor não cura outro. Se envolver em outro relacionamento ainda com suas feridas abertas, pode ser ainda mais desastroso nesta fase pós separação.

Sair por aí procurando uma muleta para encostar suas carências é brincar de roleta russa com a sua vida.

Nessa fase as chances de você se relacionar pelos motivos errados são enormes, ou seja, se relacionar com alguém quando está se sentindo insegura, carente para se vingar ou para mostrar que você está bem quando você não está. Tudo isso pode te causar ainda mais sofrimento, porque você estará investindo em uma relação falida já desde o início.

Na maior parte das vezes você está tão frágil que não pode enxergar o óbvio… que a pessoa que está na sua frente já não serve mais para você.

É claro que a vida é sua e você faz dela o que quiser. Ninguém aqui está dizendo que você deve virar uma freira e fazer voto de castidade até se sentir pronta. Não é disso que eu estou falando.

Uma coisa é saber o que você está fazendo e outra bem diferente é fantasiar um milhão de história a partir daí.

Fique atenta a suas emoções, você pode acabar virando mais uma vítima de relações tóxicas e da dependência afetiva que acabam te contaminando e te deixando ainda mais confusa.

No fim, você já nem sabe mais porquê e nem por quem está sofrendo.

Eu gosto de ilustrar esse erro com essa história.

Quando você convida alguém para visitar a sua casa, você deixa a sua casa toda linda, coloca as coisas no lugar, arruma a bagunça, tira a sujeira do chão, recolhe os lixos espalhados pela casa, enfim você quer que a pessoa perceba que você preparou a casa para recebê-la.

A mesma coisa acontece com a nossa morada emocional, o nosso coração. Para convidar uma pessoa para entrar nele você não pode estar carregando lixo emocional de um outro relacionamento, porque se não essa pessoa nova que chegou na sua vida vai se sentir mal, vai sentir o cheiro de entulho emocional que você carrega no seu coração.

Eu estou falando de raiva, ressentimento, mágoas, solidão e de tudo que ficou mal resolvido com relação a da sua história do passado.

Se você não buscar curar suas feridas emocionais agora e se livrar de todo esse lixo emocional, é bem provável que continue repetindo os mesmos erros em outras relações.

3º erro – Se manter focada na vida do seu ex companheiro

Depois que a gente se separa leva algum tempo para que a gente consiga se desvincular do nosso companheiro e das lembranças que a gente tem de tudo que vivemos ao lado daquela pessoa.

Durante esse tempo a gente fica tomando conta da vida dele, o que ele está fazendo ou deixa de fazer, com quem ele tá saindo, o que ele está postando nas redes sociais e até mesmo na forma que ele está se vestindo, chega a virar uma obsessão.

Diante desse cenário, eu quero te fazer uma pergunta: Quando você está tomando conta da vida do outro, quem está tomando conta da sua vida?

Sim, porque se você ocupa a maior parte do seu tempo controlando como ele está vivendo, então quem está cuidando de você? Dos seus sentimentos, das suas necessidades, das suas feridas, das carências, do seu coração partido?

Pare um instante e seja muito honesta com você mesma. Se manter ligada a ele dessa forma está te fazendo bem?

É claro que não!

Então pare de se enganar e achar que só mais uma olhadinha nas redes sociais dele não vai te fazer mal, porque vai sim! É só parar e observar toda vez que você faz isso, preste atenção no seu sentimento quando você vai lá fuçar na vida dele. Percebe-se, olhe como você fica triste, deprimida, irritada e se sentindo mal com isso.

Então pare imediatamente e comece a ser você o centro de suas atenções, dos seus cuidados e do seu amor. Não esqueça que é você que está precisando deste cuidado agora.

Nós somos seres sociais, nascemos para ter ligações profundas nos nossos relacionamentos e temos tendência a nos tornarmos dependente delas.

Por isso e por outras várias razões, o fim de um relacionamento pode gerar traumas profundos na nossa vida e na nossa alma.

Pare um pouco e pergunte para você mesma: Em uma escala de 0 a 10 quão traumatizada você ficou com o fim desse relacionamento? Use o 10 como valor máximo que você possa ter ou estar sofrendo. Se a sua resposta for maior que 5, então você precisa ficar atenta para tratar adequadamente essas feridas emocionais.

Esse é o momento da sua vida onde todo o seu foco tem que estar em cuidar de você mesma, em se fortalecer, em tornar esse momento, que pode estar sendo o mais difícil da sua vida, em algo positivo, porque ele já aconteceu mesmo e você já está sofrendo.

De que maneira você pode levar esse sofrimento ao seu favor? Aprendendo com ele, tirando algo de positivo dele?

A Dra. Elisabeth Kluber- Ross, que há mais de 30 anos estuda o que acontece com a gente quando perdemos alguém que a gente ama. Diz o seguinte:

“As melhores pessoas que conhecemos são aquelas que conheceram a derrota, o sofrimento, a perda. Elas sabem o que é lutar para sair do fundo de um poço.

Essas pessoas têm uma apreciação, uma sensibilidade, um entendimento da vida que as preenchem com compaixão, gentileza e amorosidade. Pessoas maravilhosas não acontecem por acaso”.

Eu não tenho dúvida que você pode transformar toda essa dor em crescimento pessoal e se tornar uma pessoa muito melhor do que era antes.

Se você está aqui até agora, é porque você está buscando isso. Descobrir e tentar corrigir os 3 erros mais comuns após a separação é um grande passo para isso.

Eu posso apostar que o que falta para você conseguir isso é alguém que te mostre o que precisa ser feito e como fazer para passar por isso mais rápido e como mais leveza.

E é para isso que eu estou aqui, para te guiar nesse processo. Se você quiser mais informações sobre o Programa Separei e Agora, clique aqui e se informe melhor. Lembre-se: Eu estou aqui para te ajudar! 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para Qual e-mail Devo enviar o link para a série de 03 vídeos gratuitos?

Seus dados estão 100% seguros