Como superar o fim de um relacionamento sem ficar presa ao seu ex -

Como superar o fim de um relacionamento sem ficar presa ao seu ex

Como superar o fim de um relacionamento sem ficar presa ao seu ex

Não vou negar, o fim de um relacionamento amoroso tira o nosso chão e nos faz sofrer significamente. Você e eu sabemos bem disso. Mas o que não podemos fazer é ficar remoendo a situação e não aceitar o destino do outro.

Afinal de contas, o rompimento já aconteceu e, provavelmente, o seu ex seguiu em frente com a vida dele. Você não tem como mudar essa realidade. Sinto muito.

Mas o que eu posso te falar é que é possível superar o término sem ficar presa ao passado e ser feliz novamente no amor. Neste artigo, vou te ajudar a dar o primeiro passo em busca de um caminho de tranquilidade emocional para a sua vida!

Leia também:

>> O que te impede de recomeçar?

>> Como esquecer o ex?

Prisão emocional é consequência do fim de um relacionamento 

Quando enfrentamos o término, muitas coisas mudam em nossas vidas. Às vezes, isso acontece gradualmente e, em outros casos, é algo muito repentino.

Mas o que importa aqui é que são inúmeros os motivos que levam um casal a se separar. Aliás, as estatísticas mostram que a cada 3 casamentos há 1 divórcio no Brasil.

O gatilho do fim pode ser a traição, a discordância de valores, a consciência da relação abusiva ou porque projetamos os nossos desejos na outra pessoa.

Sim, é muito comum projetar desejos e expectativas. Quer um exemplo? Quando acreditamos que o outro deve tomar uma decisão específica porque isso nos faria feliz. 

Quando isso não se concretiza, ficamos frustradas.

Mas, neste artigo, quero te explicar melhor o que essa projeção tem a ver com os passos depois do término. Então vamos lá!

A quebra de expectativas e a não-aceitação do destino do outro

Quando passamos pelo fim de um relacionamento, sofremos muito, achamos que o mundo está desabando sobre nossas cabeças e perdemos muito do nosso referencial de vida.

Esse referencial pode ser emocional, financeiro ou relacionado aos planos construídos juntos, como o sonho de comprar um apartamento.

Mas o que você precisa entender é que, algumas vezes, esses planos são projeções nossas que colocamos como expectativa na outra pessoa. 

Assim, quando há a quebra de expectativas, é muito difícil entender e aceitar.

Na maioria dos casos, o outro acaba tomando a decisão do rompimento e segue com a vida. E você fica remoendo a situação e não aceitando o que aconteceu: “como assim ele já casou de novo?”, “ué, mas ele não queria ter filhos e agora tem?!”.

Qual é o resultado dessa não aceitação?

  • Você não segue com a sua vida.
  • Fica presa ao passado.
  • Aumenta as chances de adoecer emocionalmente.
  • Não se dá a chance de ser feliz novamente.

Por isso, quero que você comece a praticar este mantra diariamente: as expectativas que eu tenho sobre o outro são minhas e preciso aprender a lidar com elas para me libertar plenamente.

 

3 passos para aceitar o destino do outro e ser feliz 

Quero que você faça um exercício simples agora: Imagine o seu ex na vida nova que ele escolheu. 

Como você se sente ao pensar nisso? Magoada? Ressentida? Presa? Ou consegue lidar bem com isso?

Perceba que não existem sentimentos bons quando não aceitamos o destino do outro e não nos libertamos do passado. E a mudança para a aceitação começa dentro de você

 

1. Cultive o amor-próprio

Não tenho dúvidas de que o amor-próprio é o mais importante que temos na vida. E uma mulher que entende o seu valor consegue se libertar emocionalmente do fim de um relacionamento com mais rapidez e de forma mais genuína.

Afinal de contas, somos nós as únicas responsáveis pela nossa vida e por como vamos lidar com as muletas emocionais que encontramos pelo caminho: a mágoa, a culpa, a pena, o medo etc.

Além disso, a partir do momento em que cultivamos o amor-próprio, entendemos quem somos, o que queremos, as nossas expectativas e o que está sob o nosso controle. 

A outra pessoa do relacionamento, no caso, não está sob o nosso controle. Ela tem as próprias vontades, anseios e expectativas. Ao saber disso, começamos a nos libertar do passado e a aceitar o destino escolhido pelo outro.

Inclusive, lembre-se sempre de algo muito importante: jamais acredite ou aceite um “eu te amo” de alguém que não ama a si mesmo. Por isso, ame-se!

 

2. Aprenda a se posicionar

Na maior parte das vezes, as mulheres não conseguem se posicionar dentro da relação e esperam o outro tomar alguma atitude, inclusive quando falamos do fim de um relacionamento.

Seja por medo de ficar sozinha, de ter os sentimentos invalidados, de ser rejeitada ou pela insegurança, a tendência é você não se posicionar e não dizer o que quer.

Pare e pense por um instante: em algum momento, antes do término, você esperou o outro tomar a decisão e se diminuiu? Se sim, quero que, a partir de agora, você aprenda a se posicionar.

Afinal, algo que digo para as minhas pacientes é que, se você não aprende a se posicionar na vida, a vida te posiciona

Ou seja, se você não tomar a decisão, o outro vai acabar fazendo isso. E, assim, é muito mais traumático e doloroso.

 

3. Acolha o seu sofrimento e siga em frente

Outro passo importante para se libertar dos sentimentos ruins do fim de um relacionamento é acolher o seu sofrimento e seguir em frente.

Términos são dolorosos e existem etapas que, necessariamente, todas as pessoas vão passar.

O importante é você ter consciência disso e acolher tudo o que está sentindo. Não empurre para debaixo do tapete. Aprenda a lidar com todos os seus sentimentos, sem culpa ou auto-acusações.

Esse é um movimento fundamental para que você consiga, genuinamente, aceitar o destino do seu ex-companheiro e tomar o controle da sua vida.

Quer conhecer outros passos para lidar melhor com o fim de um relacionamento amoroso e se libertar dessa prisão emocional? Clique aqui e conheça o meu livro digital Supere a sua Separação e volte a ser feliz no amor

Os comentários estão desativados.

Para Qual e-mail Devo enviar o link para a série de 03 vídeos gratuitos?

Seus dados estão 100% seguros