Como aceitar o fim de um relacionamento?

Como aceitar o fim de um relacionamento?

Por Lisandra Zanuto

Você está separada e está sentindo uma dor que parece não caber no seu peito. Não tem vontade para fazer nada, muito menos em pensar em uma forma de sair dessa situação. Você ainda não conseguiu entender porque isso aconteceu com você e ainda não aceita que aquele príncipe encantado que você escolheu para passar a sua vida toda com ele, pudesse ter se transformado tanto de uma hora para outra. Por que comigo? Aceitar a separação é o primeiro passo para você superar essa dor.

 

Se você se identifica com esta introdução, esse artigo foi feito para você.

Para você que ainda não aceitou o fim do seu relacionamento, para você que ainda fica horas pensando o que você poderia ter feito diferente. Neste texto,  você vai entender porque você precisa aceitar, porque isso é tão importante para que você possa curar as suas feridas emocionais e reconstruir a sua vida.

Muitas pessoas me procuram por e-mail, por mensagens e por atendimento individualizado, me falando que tem dificuldades de aceitar o fim do relacionamento. Elas ficam presas no mesmo pensamento: isso não poderia ter acontecido comigo, ele não poderia ter feito isso, ele vai se arrepender, ele não poderia ter me deixado, isso não poderia ter acabado, eu não aceito como as coisas aconteceram, eu não aceito que a vida tenha feito isso comigo. É normal as pessoas resistirem a alguma coisa que aconteceu e que elas não estavam esperando, até porque ninguém casa esperando que um dia vai se separar, não é mesmo?  

A gente não está preparada para lidar com a rejeição, com a traição, com o abandono, com a falta de amor, enfim, as pessoas não nascem com habilidades emocionais para lidar com esse tipo de coisa, principalmente com uma separação. Por isso, é tão difícil curar as feridas que se formam depois de uma decepção dessa e reconstruir a sua vida depois do divórcio.

Porém, para você se curar emocionalmente é preciso que você dê esse passo que é aceitar que isso aconteceu na sua vida.

Leia também: 

Depressão Pós-Separação: tudo o que você sempre quis saber e nunca ninguém te falou

3 dicas poderosas para superar o fim de um relacionamento

 

Como eu faço para aceitar?

 

Simplesmente aceitando. Você não tem como dizer não para uma coisa que já aconteceu. O passado não tem como você mudar e a única coisa que você pode fazer agora é aceitar para que você consiga fazer alguma coisa no seu presente e que o seu futuro seja bem melhor. O que passou, passou, não tem como mexer nisso.

Eu costumo falar para as minhas alunas que querer mudar a realidade de uma coisa que já aconteceu é igual você querer ensinar um gato a latir. Você vai passar a vida toda olhando para ele e falando “au au” e no final da vida ele vai olhar para você e vai fazer “miau”. Porque não adianta, não há nada que faça um gato latir. Não há nada que você faça que vai mudar as coisas como elas são e você não aceitar que isso aconteceu só vai te enfraquecer, te desempoderar e te deixar cada vez mais triste.

Então a primeira coisa para você dar o passo inicial no seu processo de cura emocional, curar apropriadamente as tuas feridas, sair dessa e esquecer o que passou é se livrar do que está te prendendo ao teu passado, se livrar do que  te mantém ligada a essa história. É você aceitar que a coisa aconteceu do jeito que tinha que acontecer. Porque se tivesse que ser diferente, teria sido diferente, entende?

Partimos do princípio que o que aconteceu era para ter acontecido, porque senão teria acontecido diferente, simples assim.

A segunda coisa é: tudo bem, isso não era o que eu gostaria que tivesse acontecido, mas aconteceu. O que eu faço a partir de agora? O que eu preciso aprender com essa história para que eu consiga tirar algo de positivo de todo esse sofrimento? Para saber como transformar sua dor em algo positivo, CLIQUE AQUI

Porque senão você acaba o seu relacionamento, sofre do jeito que você está sofrendo e ainda assim não aprende nada com isso. Você precisa tirar algo de positivo de tudo isso para não levar esse lixo emocional para o seu próximo relacionamento. Para saber mais sobre lixo emocional ou se você quer ter certeza que ainda carrega esse sentimento dentro de você, assista esse vídeo

Quando você leva esses ranços, você vai levando isso para sempre, esse lixo vai indo com você enquanto você não aceita, enquanto você não cura de uma forma apropriada essas feridas. Então presta atenção, eu sei que pode ser difícil porque o que te aconteceu pode ser uma coisa que você jamais imaginou que pudesse acontecer, talvez a maior dor que você já sentiu até agora. Respire fundo e fale para você mesma: já que isso aconteceu comigo, o que eu preciso fazer agora? A decisão do que fazer com o que te aconteceu cabe a você, diferente de querer mudar uma coisa que já aconteceu, que não cabe a você.

A aceitação é uma fase do luto que vivemos depois que nos separamos. Pesquisas mostram que as fases que seguem o luto pela morte de alguém querido são as mesmas de que vivenciamos quando nos separamos. Mas quando chegamos na fase da aceitação é que conseguimos fazer as pazes com a vida e começar a entender o que realmente aconteceu. A aceitação não acontece de uma hora para outra, ela vai acontecendo aos poucos.

 

Esse processo de aceitação não é fácil, mas é necessário. Aceitar a condição atual é o primeiro passo para modificá-la e, conhecer a si mesmo é fundamental. A descoberta mais difícil e árdua é em relação à nossa própria pessoa. Conhecer a si mesmo exige primeiramente disposição e auto aceitação.

 

É nesta fase que você finalmente consegue colocar o ex no lugar que ele realmente tem que ficar: no passado. Começa a perceber que existe uma luz no fim do túnel e que ela está muito próxima, pois já consegue perceber que o sol está voltando a brilhar e que sim, existe uma vida depois da separação e que você tem chances reais de recomeçar.

Portanto peça para o universo te mandar esses sinais de como aprender com esse sofrimento. Mas se você não está conseguindo superar sozinha, se você está sentindo dificuldades e já faz muito tempo que você sofre e não consegue aceitar, procure ajuda, procure uma terapia, ou algum dos meus programas: S.O.S Divórcio ou o Separei e Agora? . Você não precisa enfrentar isso sozinha, você vai conhecer muitas pessoas que já passaram pela mesma situação que você está passando hoje e conseguiram superar, se reconstruíram e curaram suas feridas emocionais e hoje vivem felizes, pois usaram toda essa dor como ponto de força. Se elas conseguiram, você também vai conseguir.

Leia também: 

10 Dicas Para Superar uma Traição Amorosa

Como curar o coração após uma separação? Com dica de ouro: contato zero

 

Neste artigo, você aprendeu informações valiosas de como começar a aceitar o fim do seu relacionamento, porém, se você ainda precisa de mais forças para superar essa fase da sua vida, recomendo que você dê um pulinho lá no meu canal do youtube! Tenho certeza que a leitura dos artigos aqui no blog aliados aos vídeos que tenho disponíveis no canal, irão te ajudar a clarear seus pensamentos e te motivarão a tomar decisões que mudarão a sua vida. Você não está sozinha!

Com amor,

Lisandra Zanuto

 

 

Eu acredito que a dor da separação é o ponto de partida para a maior transformação da sua vida. Basta que você decida.

Preencha os dados abaixo e receba em seu e-mail conteúdo exclusivo.

Inscrição feita com Sucesso! Eu acredito que a dor da separação é o ponto de partida para a maior transformação da sua vida. Basta que você decida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *