4 passos para perdoar quem te fez mal e ser feliz de novo

4 passos para perdoar quem te fez mal e ser feliz depois da separação

4 passos para perdoar quem te fez mal e ser feliz depois da separação

Depois da separação, perdoar quem te fez mal pode parecer algo muito difícil de se fazer. Mas saiba que existem atitudes que deixam o momento mais leve e que te ajudam a dar um passo adiante em busca da reconstrução da sua vida.

Além disso, por mais que, neste momento, você esteja pensando que não vale a pena perdoar o seu ex, entenda que essa ação tem muito mais a ver com a sua reconciliação interna do que com o seu relacionamento com os outros.

E este artigo vai te ajudar a compreender isso de uma vez por todas. Ao longo do conteúdo, eu vou compartilhar 4 passos para você perdoar quem te fez mal de forma genuína e deixar o ressentimento onde ele deve ficar: no passado.

Leia também:
>> Por que aprender a perdoar alguém é tão difícil e dolorido?
>> Mitos sobre o perdão: será que você acredita em algum? 
 

Quer perdoar quem te fez mal de verdade? Siga esses 4 passos

Se você está sentindo dificuldade em perdoar o seu relacionamento do passado e seguir em frente, eu tenho alguns bons motivos para você prestar atenção aos 4 passos que vou compartilhar neste artigo.

Segundo informações da Mayo Clinic, uma organização sem fins lucrativos da área da saúde nos Estados Unidos, perdoar quem te fez mal traz os seguintes benefícios:

  • Te ajuda a construir relações saudáveis no futuro.
  • Diminui a ansiedade, o estresse e aquela sensação de ressentimento.
  • Melhora a sua autoestima.

Então, se a sua mente está presa à ideia de que não vale a pena perdoar o seu ex e o relacionamento do passado, perceba que a pessoa que mais vai ganhar com tudo isso é você.

Com isso entendido, eu posso passar para os passos que vão te ajudar a perdoar e ser genuinamente feliz depois da separação. Confira!
 

1. Deixe os sentimentos ruins passarem

Como eu já falei, o perdão tem a ver com a sua reconciliação interna. E o primeiro passo para ter de volta a paz emocional é deixar os sentimentos ruins passarem.

Pode parecer algo impossível de fazer, mas você vai perceber que é mais simples do que imagina. E o melhor: traz uma sensação de liberdade indescritível.

Quando eu digo que o primeiro passo é deixar os sentimentos ruins passarem é porque existe um motivo bem simples. Afinal, se estamos magoadas ou ressentidas com alguém, ficamos remoendo a raiva, a culpa e todo o turbilhão de emoções tóxicas.

O problema é que não adianta você querer perdoar quem te fez mal com todas essas feridas abertas.

Ou seja, para perdoar o seu passado, é preciso deixar a questão em paz e tirar um tempo para curar as feridas apropriadamente. Somente dessa forma é possível perdoar quem te magoou, seguir em frente e não olhar mais para trás.
 

2. Aprenda a controlar a culpa que você sente

Uma das maiores dificuldades de perdoar os outros e a si mesma é se libertar do sentimento de culpa.

Talvez você se sinta culpada por ter se entregado emocionalmente a alguém que te magoou, te traiu ou que não caminhou ao seu lado, não é mesmo?

Mas compreenda que sentir culpa não te leva a lugar algum. Aliás, só te deixa presa aos sentimentos tóxicos e de punição a si mesma.

Sim, é muito comum ter atitudes punitivas quando estamos passando pelo luto de uma separação. E essas ações podem ter relação com o fato de você acreditar que só merece sofrer nesse momento, pois não é digna de amor ou felicidade.

Então, se você quer perdoar quem te fez mal e a si mesma, controle os pensamentos de culpa que aparecem na sua mente. 

Por mais difícil que pareça ser, faça esse exercício de renunciar aos pensamentos obsessivos e de evitar ter contato com essa dor que só te faz mal.
 

3. Afaste a mágoa da sua memória

Quando eu falo com as minhas mentorandas sobre o perdão, eu trago um exemplo simples e que facilita o entendimento de por que devemos afastar a mágoa da memória.

E eu vou compartilhar isso com você.

Pense na seguinte situação: a sua melhor amiga tem uma atitude que te magoa muito. E você comenta com a sua mãe, prima, vizinha, colega de trabalho e por aí vai.

Cada vez que você relata o que aconteceu é como se estivesse revivendo tudo aquilo de novo. E o turbilhão de sentimentos tóxicos nunca vai embora.

O que eu quero dizer com isso é que, se você quer perdoar quem te fez mal e ser feliz novamente, precisa se libertar dos sentimentos tóxicos e parar de revivê-los a todo instante, entende?
 

4. Perdoe de forma consciente

As três primeiras dicas deste artigo nos trazem ao ato de perdoar de forma consciente e genuína. Afinal, elas vão nos ajudando a dar um passo de cada vez para entender 4 coisas importantes:

  • O perdão tem a ver com a nossa reconciliação interna.
  • Se libertar dos sentimentos tóxicos é algo que exige determinação.
  • O grande desafio de perdoar quem te fez mal é não ficar remoendo sentimentos negativos.
  • O perdão vai acontecendo em etapas.

Ou seja, até você chegar ao perdão de forma consciente, existe todo um caminho que precisa ser traçado e que vai te ajudando a deixar o lixo emocional no passado.

É como se, a cada passo, você fosse ficando mais leve, até chegar ao perdão consciente e ao ato de se libertar do que o outro te fez.

Mas aqui é importante fazer dois alertas:

  • Perdoar não é esquecer o que aconteceu, e sim não deixar que a mágoa e a culpa sejam as protagonistas da sua vida.
  • Há quem consiga perdoar o outro completamente. Mas, na maioria dos casos, não perdoamos 100%. E são muitas as razões pelas quais isso acontece. Então, não se sinta culpada.

Se você chegou até aqui, acredito que tenha compreendido que é possível perdoar quem te fez mal e ser feliz novamente. 

Por isso, quero te dizer que a trajetória não precisa nem deve ser solitária. No Programa Separei, e agora?, eu caminho ao seu lado em busca da sua reconciliação interna depois do divórcio. Clique aqui para saber mais.

Os comentários estão desativados.

Para Qual e-mail Devo enviar o link para a série de 03 vídeos gratuitos?

Seus dados estão 100% seguros