3 dicas poderosas para superar o fim de um relacionamento - Lisandra Zanuto

3 dicas poderosas para superar o fim de um relacionamento

3 dicas poderosas para superar o fim de um relacionamento

Por Lisandra Zanuto

Nesta fase tão difícil que vivemos depois da separação, não sabemos o que fazer para dar a volta por cima, não sabemos de onde tirar forças para enfrentar as novas fases que estão por vir e o medo que sentimos é mais forte do que qualquer vontade de ficar bem.

É sobre isso que vamos falar neste artigo, sobre como encontrar forças para superar o fim de um relacionamento amoroso e como buscar motivações para seguir em frente.

Você sabia que a separação é um dos traumas mais subestimados pela nossa sociedade? As pessoas acabam acreditando que com o tempo tudo vai se resolver, que as coisas vão melhorar com o passar dos dias… Mas não é bem assim que acontece.

O que eu vejo ao longo desses anos de trabalho com essas mulheres é que, em muitos casos, elas ficam anos e anos no limbo dessa separação, esperando esse tempo passar e o dia de ficar bem consigo mesma nunca chega. Se você está machucada, independente se seja o pé, o braço ou o coração, você precisa procurar uma forma de melhorar, de curar essa ferida.

Leia também:

11 maneiras de superar a traição

Descubra 12 sinais que o seu relacionamento acabou!

Mas não adianta, a verdade é que você só vai conseguir sair dessa se passar por todas as fases que precisa passar, curar a ferida apropriadamente, se reestruturar emocionalmente e psicologicamente, aí sim a tua vida vai melhorar e tenho certeza que será muito melhor do que um dia já foi.

Essa bagagem que você vai trazer desse relacionamento que acabou, vai te servir como base para o teu próximo relacionamento. E aí as chances são que o próximo você seja muito mais feliz, muito mais realizada, pois você já passou por uma experiência, porque você já sabe o que você não quer e o que você quer, você não vai repetir os mesmos erros. Mas isso só vai acontecer se você fizer essa passagem e curar todas as suas feridas emocionais, criando uma nova estrutura emocional.

Mas como fazer isso?

A melhor forma é buscando ajuda e não ficar esperando o tempo passar e que as feridas possam se curar sozinhas. Quando um relacionamento acaba, não é só um coração partido que precisa ser curado, é todo aquela frustração de não ter dado certo, a tristeza dos sonhos que você fez ter acabado e tudo aquilo que você idealizou ao lado de uma pessoa foi por água abaixo.

Você acaba se desestruturando tanto que perde o chão, você perde a sua identidade, você se vê sem amigos, sem saber do que gosta e do que não gosta, pois você abriu mão de tudo isso para gostar e fazer aquilo que o seu parceiro preferia em prol da relação. Quando você se pega nesse momento, o seu mundo gira de cabeça para baixo literalmente.

Estamos falando de vulnerabilidade, de fragilidade e instabilidade emocional. De sentimentos que se misturam a todo momento. É quando em um dia você acha que vai dar conta de tudo, que você é superpoderosa e que nada vai te abalar, que você vai reconstruir a sua vida e, uma hora depois, você está na cama acabada, achando que nunca mais vai ser feliz de novo… Que não existe outra possibilidade na sua vida sem ser com ele ou está morrendo de vontade de ligar para seu ex e xingar e falar tudo que pensa, uma verdadeira montanha russa de emoções.

Mas para sair dessa situação eu vou apresentar para você três dicas poderosas que vão te ajudar a buscar a força que você precisa para superar o fim do seu relacionamento. Vai te trazer motivação, coragem, entusiasmo para você dar conta desta fase e sair dela bem melhor do que você foi um dia.

1º  Passo – Clareza

As pessoas não sabem o que querem e é a falta de clareza que causa toda essa perturbação mental. Quando você não sabe para onde está indo e nem sabe onde vai chegar, você fica em uma nuvem negra mental, perdida e confusa.

Para você entender melhor, imagine um pote de vidro que tenha um pouco de lama no fundo e depois água. Se você fechar esse pote e agitar o vidro, a água vai se misturar com a lama e vai ficar com uma cor turva, você não vai conseguir enxergar nada através dela e ela vai perder a nitidez. É assim como os nossos pensamentos. Quando não temos clareza, quando não sabemos o que fazer, para onde ir, como agir, a gente fica como essa água turva.

A nossa mente, assim como os nossos pensamentos, fica turva e você se perde dentro dessa nuvem de pensamento, de falta de clareza, de angústia, de ansiedade e você fica completamente perturbada mentalmente. Essa perturbação gera angústia, ansiedade e sofrimento.

A primeira coisa a fazer é assentar as suas emoções. Quando você assenta suas emoções é como se você simplesmente deixasse o vidro lá parado e toda a lama começasse a se assentar no fundo do pote e a água vai voltando a ficar límpida e cristalina. E é isso que você precisa fazer para ter clareza nos seus pensamentos, você precisa assentar suas emoções e retomar o seu equilíbrio emocional.  

Dentro do Programa SOS Divórcio, logo no primeiro módulo a gente faz uma busca para identificar como é que você está emocionalmente, e te apresenta 15 passos para você organizar a sua rotina e retomar o seu equilíbrio emocional. Para saber mais sobre o Programa SOS Divórcio, clique aqui. 

A clareza é muito importante porque quem não sabe onde quer chegar, não sabe por onde está indo e não vai chegar a lugar nenhum e qualquer caminho que aparecer vai servir.

2º Passo – Desapego

É preciso desapegar do passado e abrir novos espaço, reciclar as emoções e as memórias para termos novas vivências no nosso dia a dia.

A gente fica apegada as histórias do passado porque vivemos a síndrome do “e se”: e se fosse diferente, e se tivesse dado certo, e se eu tivesse falado o que ele queria ouvir e se, e se…

Você acaba ficando presa em uma coisa que já passou e não vai voltar. Enquanto você fica vivendo nesta esperança cega de reviver o que passou, a experiência nunca será a mesma. Isso quer dizer que se um dia você e seu ex companheiro resolveram tentar novamente, tudo vai ser diferente. Não estou dizendo que vai ser pior ou melhor, estou dizendo que vai ser diferente, pois vocês também não serão mais os mesmos.

Nunca esqueça que se fosse para ter sido diferente, teria sido e pronto. Pare de medir forças com a realidade, faça as pazes com você mesma e com o seu passado e desapega total agora no presente para você ter um futuro melhor.

Para ilustrar melhor gosto de usar a metáfora da porta do banco.

Sabe aquelas portas de banco que a da frente só abre para você passar quando a de trás se fecha? É assim que acontece com a nossa vida. Para que novas possibilidades se abram em sua vida, novas portas, novos caminhos, novas experiências, novos amores, enfim, para que a vida se renove, a gente precisa fechar essa porta que está atrás de nós. Se livrar das amarras que te ligam ao passado, se libertar emocionalmente desta história, para que novas histórias possam ser vividas.

3º Passo – Ter motivação

Você vai precisar ter motivação e coragem para enfrentar tudo o que você está passando depois da separação. Eu sei que não é fácil encontrar forças para enfrentar uma separação, pois é tudo o que você não tem e nem quer fazer agora.

Mas uma coisa eu preciso te dizer: a motivação não vai bater na sua porta, ela não vem e vai deixar você bem e aí você vai ficar motivada para conquistar tudo na vida, não é assim que funciona.

A motivação você gera. A raiz da palavra motivação vem de motivos, que é razão, e, juntando a razão que você vai encontrar para sair dessa situação com a sua ação, se colocando em movimento, você vai ter a motivação que precisa para superar o fim do seu relacionamento.

Então, o motivo mais a ação é o que vai gerar a motivação.

Não tem jeito, para você superar o fim do seu relacionamento, você vai ter que encarar isso como uma motivação para ter uma vida melhor. Transformar todo o teu sofrimento em aprendizado e toda a sua dor como um troféu da sua vitória.

Nunca esqueça que você não precisa fazer isso sozinha, busque ajuda! Procure pessoas que estão passando pelo o mesmo que você e troque experiências e vivências, vai te fazer muito bem.

Leia também:

Descubra se você está vivendo ou já viveu alguma Relação Abusiva!

Quando um grande amor se vai, o que fica?

Com amor,

Lisandra Zanuto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para Qual e-mail Devo enviar o link para a série de 03 vídeos gratuitos?

Seus dados estão 100% seguros